01 maio 2006

O mistério das ações de Deus

"...se não for Ele, quem será então?" Jó 9.24b

Uma coisa que sempre me intrigou, e não somente a mim, é a questão do sofrimento do justo nas mãos de um Deus justo. E quando eu digo justo, não é no sentido de não ter pecado algum, mas no sentido de alguém que se consagra a Deus.


Sobre o livro de Jó

O livro de Jó geralmente é definido e tem como marca principal o seguinte tema: “O sofrimento do Justo”. Eu melhoraria essa definição e chamaria de “A soberania de Deus e o sofrimento do Justo”. Esta soberania presente nos momentos de dor e alegria, nos momentos de choro e de risos, nos momentos de humilhação e de glória.

E como diria O Pregador:

"Em tempo de felicidade, sê feliz, e no dia da desgraça reflete: Deus fez tanto um como o outro, para que o homem nada encontre atrás de si." Ec 7.15

Entre os escritos do Antigo Testamento, o livro de Jó, junto com Eclesiastes, figura como um tipo de anti-sabedoria. Ele se opõe à sabedoria tradicional ao confrontar a difícil questão do sofrimento com a afirmação de que Deus é bom e justo.

Jô “luta” com Deus e lhe fala de suas dúvidas e temores. Seu relacionamento com Deus é vivo enquanto o de seus amigos não passa de aforismos mortos.

Duas formas de se reagir a uma situação que se sobrevém de forma extrema, além das nossas forças, e além do nosso poder de resolvê-la(2 Co 1.8):

1)Desespero: essa é reação mais típica de quem não conhece e não concebe em sua mente e coração a Soberania de Deus. Não concebe a vida além das coisas materiais. È a reação de quem construiu a sua casa na areia e que desmorona na primeira tempestade.

(“tudo vai bem , quando tudo está bem”)Esdrúxula frase da autoria de Brook Shields, citada pelo Rev. Luis Fernando na pregação de domingo na IPV. Essa frase resume bem a reação citada acima.

2)Perplexidade: essa é reação mais típica da pessoa que não enxerga o mundo em outros moldes a não ser sob as lentes da Soberania de Deus. Esta foi a reação de Jó,( Jó 23.12-14; 12.9; 9. 24b), e a reação citada por Paulo quando ele diz que, “Somos atribulados por todos os lados, mas não esmagados; perplexos mas não em desespero...”2 Co 4.8,9.

Crer na soberania de Deus dizem alguns, é pôr a culpa em Deus. Eu diria que é confiar e por fé acreditar que nada escapa ao seu controle, mesmo que a situação não aparente isso, mesmo em um sofrimento aparentemente injusto.


Um conselho para quem acha que está passando pela maior provação de sua vida:

“Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte”(1 Pe 5.6) e lembre- se que “depois de terdes sofrido um pouco, ele mesmo[Cristo] vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar” (1 Pe 5.10b).



Créditos desse post:

1)Aos autores dos livros de Jó e 2 Coríntios, isto é, Deus e seus respectivos servos por Ele usados, livros dos quais eu extraí as minhas conclusões acerca desse mistério, as ações de Deus;

2)Bíblia de Genebra, que me auxiliou com seus comentários sobre o livro de Jó;

3)Quimioterapia, instrumento nas mãos de Deus, que fez com que eu mergulhasse meu rosto no pó(Jó 16.15) e enxergasse o mundo de uma outra perspectiva, não muito confortável , para a Glória dEle.


Ao Cordeiro seja a glória pelos séculos dos séculos. Maranata!!!


"Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam" 1 Co 2.9(Is 64.4)

3 Comments:

At 1:00 AM, Blogger Renato Luiz said...

Glória a Deus pela sua vida!
Abraços...

 
At 12:58 PM, Anonymous Anônimo said...

Os misérios de Deus são inumeráveis..... Romanos 11:33-36 é uma maravilhosa mensão dessa maravilhosa sabedoria.
Mas nós seus servos temos que ter a ciência que quando nos colocamos à Sua Divina Vontade, como as Meninas dos Seus Olhos, Ele nos usa, como instrumentos vivos para a Glória dEle. Preguemos, levemos a mensagem, caso precisemos usemos palavras.....
Que linda mensagem, que este Deus que te criou e te fez instrumento, te guarde e proteja...
Beijos
Lívia - psiclilizinha@hotmail.com

 
At 5:42 PM, Blogger Nagel said...

André, cheguei aqui via Pro-Nobis do Charles. Pretendo voltar e ficar por dentro do conteúdo do blog.

Abraços.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home